Translator Widget by Dicas Blogger

Quer anunciar aqui? Entre em contato: vizinhosdeutero@gmail.com

segunda-feira, outubro 10, 2011

"Ana Julia e Sophia" Por Denise Rocha Alves

(Denise e Renato com as filhas gêmeas Ana Julia e Sophia)

“Conheci meu marido (Renato) pela internet em 2006. Em janeiro de 2011, quando começamos a nos organizar para casar, engravidei. Ele sempre desejou ser pai de menina, que se chamaria Ana Julia.

Enquanto fazia o primeiro ultrassom, o médico escreveu “FETO 1” e colocou as medidas. Achei muito estranho aquele número na tela do computador. Muito curiosa e sorridente perguntei: - E só um? Ele disse: - Você já sabia?!

A minha alegria foi imensa, mas o susto do meu marido e da minha sogra me deixou ainda mais radiante. SIM, eu estava esperando DOIS bebês! Quando minha mãe recebeu a notícia, ficou muda ao telefone de tanta felicidade.

No inicio de fevereiro soubemos que eram duas meninas. Tornamos-nos a família 4x4, conforme a vontade do Pai. Depois de muita correria para organizar a casa e a festa, casamos no dia 25/02.

No dia 14 de maio (35ª semana de gestação) acordei com a bolsa estourando. Corremos para o hospital de Guarulhos (região metropolitana de São Paulo), mas o carro quebrou no meio do caminho. Enquanto o Renato ficou para esperar o guincho, meu pai (Vilmar Rocha) veio me socorrer.

No pronto socorro, o médico que me atendeu disse que a bolsa não havia estourado. Era apenas um líquido proveniente da infecção urinária – que me incomodou toda a gravidez. Voltei pra casa e dormi um pouco, estava exausta. Quando acordei, estava molhada de novo. Por volta das 13 horas, meu pai me levou ao hospital novamente e o que médico me examinou disse: “Vão nascer”

Deste momento até o parto, a espera foi um verdadeiro ‘parto’. Não havia operador para o aparelho de ultrassom. Além disso, havia somente uma vaga na UTI Neonatal, o que causou minha transferência para outro hospital.

Meu marido chegou dez minutos antes do parto. Fiz uma cesariana porque a Ana Julia estava encaixada, mas a Sophia não. Ana Julia nasceu às 18:20 horas, com um chute de Sophia que colocou os pés pra fora às 18:22 horas. Ana Julia com 2,615 quilos e Sophia com 2,650 quilos, nasceram saudáveis e não precisaram ficar na UTI, como a maioria dos gêmeos prematuros. Voltamos pra casa dois dias depois.

Perto de completarem 5 meses de idade, minhas filhas não me dão trabalho dobrado. Ambas dormem a noite toda. Cada dia é uma nova descoberta. Não me imagino mãe de um filho, mas pretendemos ter um menino daqui uns anos. E quando digo que se vierem dois será completo, posso imaginar a alegria e o espanto de todos de novo! Estou apaixonada pela maternidade. Elas são prioridades na nossa vida!”


Denise Rocha Alves e Renato Silva Alves
http://eucomduas.blogspot.com / @dejadede

Mairiporã / SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário